Início - Noticias - Taubaté conta com uma unidade específica para o tratamento de resíduos de serviço de saúde

Taubaté conta com uma unidade específica para o tratamento de resíduos de serviço de saúde

Image

Taubaté conta com uma unidade específica para o tratamento de resíduos de serviço de saúde

14/05/20

A Unidade de Tratamento de Resíduos de Serviço de Saúde (UTRSS), operada pela EcoTaubaté, é referência no quesito eficiência. O equipamento tem tecnologia de ponta e realiza a coleta o transporte e o tratamento desses resíduos gerados por unidades de saúde públicas e privadas de Taubaté (SP), tais como hospitais, postos de saúde e clínicas. Serviço que tem sido imprescindível no combate à Covid-19.

 

 

Fonte: http://valenews.com.br/2020/04/29/taubate-conta-com-uma-unidade-especifica-para-o-tratamento-de-residuos-de-servico-de-saude/

O PROCESSO DE TRATAMENTO VIA ESTERILIZAÇÃO POR AUTOCLAVAGEM ELIMINA O RISCO BIOLÓGICO DE RESÍDUOS HOSPITALARES CONTAMINADOS E PERMITEM QUE POSSAM SER DISPOSTOS EM ATERROS SANITÁRIOS SEM REPRESENTAR RISCOS AO MEIO AMBIENTE E À POPULAÇÃO
 

A pandemia provocada pela doença COVID-19 trouxe à tona a importância do tratamento adequado aos resíduos contaminantes. Quando se trata de resíduo de serviço de saúde, essas medidas devem ser ainda mais criteriosas, pois os riscos para o meio ambiente e as pessoas é potencialmente muito maior.

A cidade de Taubaté conta com uma Unidade de Tratamento de Resíduos de Serviço de Saúde (UTRSS), que tem a capacidade de realizar o tratamento referido aos resíduos de serviço de saúde eliminando seus riscos biológicos.
 

A gestão e operação da unidade de tratamento é de responsabilidade da EcoTaubaté, que realiza a coleta o transporte e o tratamento desses resíduos gerados por unidades de saúde públicas e privadas do município, tais como hospitais, postos de saúde e clínicas.

São coletados e tratados diariamente 2,5 toneladas de resíduos de saúde. Todo esse material é tratado pelo sistema de autoclavagem e posteriormente é disposto no aterro sanitário de forma totalmente segura.

Segundo Germano Arraes, Superintendente da EcoTaubaté, esse tipo de processo sempre respeitou todos os protocolos de segurança para execução, porém, com a pandemia, passam por supervisões constantes para garantir o nível de segurança da sua realização e dos seus colaboradores. “Com a COVID-19, nosso grau de exigência com os processos foi redobrado. Estamos prontos para atender a essa demanda garantindo maior segurança a todos”, explica Arraes.